São Bernardo do Campo / SP - terça-feira, 22 de agosto de 2017

Terapia Cognitivo Comportamental

 

 

 

A terapia cognitiva foi desenvolvida por Aaron T.  Beck, na Universidade da Pensilvânia no início da década de 60, como psicoterapia breve, estruturada, orientada ao presente, direcionada a resolver problemas atuais e a modificar os pensamentos e os comportamentos disfuncioanis (Beck, 1964).

O modelo Cognitivo propõe que o pensamento distorcido ou disfuncional (que influenciam o humor e o comportamenro do paciente) seja comum a todos os distúrbios psicológicos. A avaliação realista e a modificação no pensamento produzem uma melhora no humor e no comportamento. A melhora duradoura resulta da modificação das crenças disfuncionais básicas dos pacientes.

O terapeuta busca, de uma variedade de formas, produzir a mudança cognitiva (mudanças no pensamento e no sistema de crenças do paciente), visando promover mudança emocional e comportamental duradoura.